Fone : +55 11 3951.0042

Mauro quintaes

Mauro Quintaes


Carnavalesco



Mauro Quintaes (Rio de Janeiro, 1958) é um carnavalesco brasileiro, que já foi auxiliar de grandes carnavalescos, e carnavalesco de importantes escolas cariocas, como: Salgueiro, Viradouro, entre outras. Atualmente está no comando do carnaval da Unidos do Peruche, tradicional escola do grupo especial de São Paulo.



Biografia

Iniciou sua carreira como assistente de Max Lopes na Vila Isabel, por onde ficou de 1984 a 1987. depois também como assistente de Max, passou pela União da Ilha, Imperatriz e Viradouro, onde em 1994 trabalhou com o renomado Joãozinho Trinta.

Em seguida, seguiu carreira-solo de carnavalesco, na Caprichosos e Porto da Pedra, onde levou a escola do Grupo A ao desfile das campeãs, ficou por quatro anos recebeu vários prêmios, inclusive o Estandarte de Ouro de revelação, além de ter sido carnavalesco Sossego, pelo qual ganhou o Grupo D, em 1997.

Foi carnavalesco da Salgueiro entre 1999 e 2002, e foi também carnavalesco em 2001, da extinta Unidos do Valéria.

Em 2003 voltou para a Viradouro onde ficou até 2005, além de ter sido carnavalesco da Leão de Nova Iguaçu, em 2004. aonde fez junto com Gilberto Muniz. no ano de 2006 foi carnavalesco da Mocidade, e nesse mesmo ano, foi carnavalesco da Samuca, por onde foi tetra campeão do carnaval de Rio Claro, ficando na escola até 2010. e em 2007 assinou o carnaval da Rocinha, no Grupo A.

Em 2008 foi um dos carnavalescos da comissão de carnaval da São Clemente[2]. onde em 2009 e 2010 continuou assinando os carnavais da escola, que em 2010 foi campeão do Grupo A. além de 2008, ter sido carnavalesco da Gaviões da Fiel[2][3].

Em 2011 Mauro assinou junto com Wagner Gonçalves, o carnaval da Mangueira,[4] com uma homenagem ao cantor e compositor Nelson Cavaquinho. que apesar da demora na confecção das alegorias, conseguiu levar a terceira colocação.

Em 2012, Mauro realiza um grande sonho, de ser carnavalesco do Império Serrano. seguindo a linha de enredos de homenagens, o Império falou sobre Dona Ivone Lara[5]. além de retornar como carnavalesco na Samuca[6].

Em 2013, continuou como carnavalesco do Império Serrano, fazendo um enredo sobre a cidade de Caxambu e mudou de escola, em Rio Claro. sendo dessa vez, da Grasifs[7]. no ano seguinte, Mauro foi contratado para desenvolver o carnaval da União do Parque Curicica, num enredo já pronto sobre a cachaça[8] e retornou ao Carnaval Paulista, onde esteve na Tom Maior[9].

Em 2015 foi para a Unidos da Tijuca, aonde fará parte da comissão de carnaval criada pela escola[10][11][12] e continuou como carnavalesco da Tom Maior[13]. permaneceu na Unidos da Tijuca, por mais dois anos e em 2018 volta a São Paulo, onde será carnavalesco da Peruche.